A arapuca da taxa baixa

0

Depois de um jejum de quase cinco anos sem moto — realmente não precisei nesse período — cheguei ao momento de novamente ter que ir à concessionária comprar uma. A decisão não demorou uma semana, e a escolha caiu sobre o scooter Honda PCX 150. Critérios de escolha à parte, entrei no site da Honda para ter mais informações a respeito do produto, como preço, cores, potência e outros detalhes.

O que me chamou atenção foi o plano de financiamento, R$ 5.650,00 de entrada e mais 24 parcelas de R$ 309,14 com taxa de 0,99% ao mês. O PCX 150 tem preço sugerido de R$ 11.300,00 com frete. Pela taxa achei o negócio interessante, mas tratei de ir no aplicativo do meu banco simular um financiamento. Nas mesmas condições de entrada e prazo a parcela ficou em R$ 288,01. A taxa? 1,36% ao mês.

De acordo com o banco, estão incluídos no financiamento o IOF, a taxa de registro do contrato junto ao Detran-CE e os juros de carência de 30 dias para pagamento da primeira parcela. O Banco Honda divulga um modelo de contrato bem resumido, tanto que nem consta a taxa de abertura de cadastro (R$ 590,00) que é cobrada sempre, mas é certo que IOF e taxa de registro também estão inclusos. Ao menos divulga por força da lei o Custo Efetivo Total, 31,45% ao ano.




Considerando que não sei o que entra na conta de cada banco, comparei as taxas reais de juros com a Calculadora do Cidadão disponibilizada no site do Banco Central. A do financiamento do meu banco é 1,68% a.m., enquanto a do Banco Honda é 2,30% a.m. Uma diferença bem grande para quem propagandeava uma taxa de 0,99% a.m.

A lição disso é nunca comparar taxa anunciada contra taxa anunciada. O correto é comparar valores de parcelas para o mesmo total financiado — e saber se IOF, taxa de registro de contrato e emplacamento estão incluídos. Já encontrei financeiras com taxas melhores que bancos, sobretudo para pessoas de renda baixa, mas é sempre bom ficar atento porque o mercado financeiro muda constantemente.

Leia também

Mais Belos: Alfa Romeo 156

Um dos Alfas mais bonitos do século, o 156 ajudou nas vendas da marca e entrou para rol dos carros mundanos mais belos da história

Powered by themekiller.com