Mitsubishi L200 Triton Sport

1

ts_03

S10, Ranger, Hilux já estão de cara nova. Chegou a vez da Mitsubishi L200, que dá as caras em nova geração apresentada no exterior em 2014 e agora produzida em Catalão (GO). Segundo a Mitsubishi, a picape é completamente nova, incluindo o motor 2.4 de 190 cv e 43,8 kgfm desenvolvido especificamente para utilitários.

Seguindo as mudanças da Toyota Hilux, a Triton está ainda mais próxima de um automóvel de passeio. A alavanca de mudança de tração, por exemplo, foi abandonada em favor do sistema elétrico, usado desde sempre por Chevrolet e Ford e agora pela concorrente nipo-argentina. O conceito de suspensões permanecem iguais, com braços sobrepostos e molas helicoidais na dianteira e eixo rígido na traseira com feixes de molas.

ts_02

O motor quatro-em-linha 4N15 é de alumínio, tem quatro válvulas por cilindro com comandos variáveis e turbina de geometria variável. Pertence à mesma família do 2.3 utilizado no Outlander e na picape pode ser acoplado a uma transmissão manual de seis marchas ou uma automática, também de seis e com aletas no volante. Como padrão na categoria (exceto pela Amarok automática), a tração pode ser 4×2, 4×4 ou 4×4 reduzida.

No quesito segurança a Triton Sport está entre as melhores por oferecer ISOFIX, sete air-bags — dois frontais, dois laterais de tórax, dois de janela e um para joelhos do motorista — e controle de estabilidade e tração. Em conforto e conveniência a versão mais cara oferece bancos de couro, ar-condicionado digital bi-zona, faróis bi-xenônio com acendimento automático, DRL de LEDs, retrovisores com rebatimento automatizado, central multimídia, câmera de ré, bancos de couro e sistema keyless.

ts_01

Em design a Mitsubishi novamente apostou na ousadia, característica da geração anterior. A dianteira tem grade cromada com seis tomadas verticais, e as laterais são marcadas por vincos bem pronunciados e pelas lanternas traseiras esticadas em direção à cabine. Em uma categoria com produtos parecidos, essa personalidade da Triton Sport fará diferença para muitos compradores.

A Triton Sport será vendida nas versões GLS (R$ 132 mil), HPE (R$ 165 mil) e HPE Top (R$ 175 mil) e com nove opções de cores. A Mitsubishi não divulgou os itens de série e opcionais de cada versão, bem como seus preços. A geração antiga permanecerá em linha com preços entre R$ 92 mil e R$ 147 mil, mantendo opção pela transmissão automática.

A L200 foi lançada em 1970 e está na quinta geração, que é produzida também na Tailândia e tem uma versão Fiat chamada Fullback, que não deve chegar ao Brasil para evitar concorrência com a Toro e a própria L200 Triton Sport.

ts_06

Leia também

Novo Alpine A110

A Renault quer peitar Porsche 718 Cayman e Alfa Romeo 4C com o novo Alpine A110, releitura do clássico da mesma linhagem do A108 que deu ...

Powered by themekiller.com