Razões você para adiar a troca de carro

0

Nos próximos meses serão lançados diversos carros nacionais, dentre eles opções populares como o Renault Kwid, concorrente de Up e Mobi com uma pegada mais aventureira, conforme propagandeia o grupo franco-nipo-romeno. Entre os utilitários compactos tem Ford EcoSport renovado e Volkswagen T-Cross (nome provisório). Vejas as novidades e os motivos.

Renault Kwid

A Renault começou a provocar a Volkswagen dizendo que o Up é pequeno demais para pessoas altas e baixo demais para nossas lombadas. O fato é que a Renault está mentindo para tentar promover seu “mini SUV”, pois o compacto da VW tem excelente aproveitamento de espaço e é adequado às nossas lombadas, como bem comprovou o comediante Rafinha Bastos.

Se você pretende comprar um compacto e está na dúvida entre Up, Mobi e Kwid, espere o Renault apenas se o Fiat lhe parecer uma boa opção. Se estiver caído pelo VW, vá em frente: dificilmente o Kwid irá superá-lo em desempenho, eficiência e segurança, principalmente na versão TSI de 116 cv. Fontes afirmam que o preço inicial será de R$ 30 mil, com direito a quatro airbags, mas sem direção com assistência ou ar-condicionado.

Fiat Argo

O “novo” Palio de 2012 acabou com a reputação que o Palio construía desde 1997, e agora a Fiat decidiu abandonar o nome. A aposta no segmento dominado pela dupla Onix e Prisma foi batizada de Argo. Para fazer sucesso precisa corrigir os erros cometidos no Palio, como pouca robustez, acabamento interno ruim, falta de espaço para central multimídia, entre outros.

O Argo terá que substituir ainda o Punto, então é provável que as versões básicas de motor 1.0 sejam beneficiadas com um acabamento pensado para o segmento acima, onde está Ford Fiesta e Peugeot 208. Se seguir o mesmo padrão dos últimos lançamentos da FCA — Renegade, Toro e Compass — o Argo será um concorrente forte para Onix e HB20, os atuais queridinhos da classe média.

Lembre-se que o câmbio automático de verdade estará restrito às versões que passam dos R$ 65 mil, então considere a compra de um outro compacto automático (nossas sugestões) se estiver interessado no Argo 1.3 GSR (Dualogic). O Argo constituirá família, começando pelo sedã, que substituirá Grand Siena e Linea de uma vez.

Peugeot 208/Citroën C3

Os dois hatches franceses conquistam pelo conjunto compacto aliado ao bom acabamento interno, bem melhor que o encontrado no escalão inferior. Se você não quer o Fiat Argo 1.8 AT6 e nem Fiesta Powershift, espere a PSA trocar o câmbio automático AL4 por um Aisin AT6. Não há previsão de mudança estética.

Volkswagen Polo

O primeiro Polo, de 1975

O precursor dos compactos premium voltará, desta vez para matar o Fox que o substituiu há três anos. Em termos de design há pouca novidade, a Volkswagen é tradicional demais. No conjunto mecânico, porém, as novidades são interessantes, começando pela utilização do conjunto motriz do Golf nacional (1.6 MSI, 1.o TSI e o 1.4 TSI).

Volkswagen Virtus

Volkswagen Santana

Terá o mesmo conjunto do Polo, do qual deriva. Será opção a Chevrolet Cobalt, Honda City e ao futuro Toyota Vios, que virá para ficar entre Etios e Corolla. Como praxe, terá o comportamento mais esportivo entre os rivais e excelente qualidade construtiva, se seguir o padrão da geração anterior e do atual Golf.

Ford EcoSport

A Ford andava fora da briga de utilitários compactos, perdendo até para a Renault. A renovação do EcoSport deve melhorar o criticado acabamento interno e a esquisita porção frontal. O câmbio automatizado Powershift finalmente será aposentado em favor de um câmbio automático, aliado ao novo 1.5 Dragon de 137 cv. O estepe permanecerá preso à tampa, ao contrário da versão europeia.

Volkswagen T-Cross

Não gostou do EcoSport? Ainda tem o T-Cross, baseado no Polo que será fabricado no Paraná. A novidade chegará para ficar entre os melhores do segmento abaixo dos R$ 100 mil, algo que o Tiguan poderia fazer se não fosse tão caro e estivesse tão defasado esteticamente.

Leia também

Fiat Mille EX 1998

Fiat Uno esteve no mercado por três décadas e ficou reconhecido pela valentia e também pela simplicidade. Veja como se comporta um Mille 1998 na ...

Powered by themekiller.com